Com mais de 70 anos de história, a marca suíça Paiste é conhecida mundialmente pelos seus pratos de alta qualidade e som excepcional. A série Paiste 2002 é uma das linhas mais populares da marca e os pratos Paiste 2002 Crash são um dos modelos mais escolhidos por bateristas profissionais.

Os pratos Paiste 2002 Crash têm um som poderoso e explosivo que se destaca como sendo uma das características principais dessa série. Fabricados em cobre B8 (liga de bronze), esses pratos proporcionam grande clareza e definição sonora, com uma resposta rápida e equilíbrio entre os graves e agudos.

A história por trás da série Paiste 2002 começa em 1971, quando o fundador da empresa, Robert Paiste, decidiu recriar a antiga série 602, que havia sido muito popular entre os bateristas nas décadas de 1950 e 60. A nova linha 2002 foi lançada como um tributo ao ano em que a Paiste foi fundada e rapidamente se tornou um sucesso entre músicos de rock, devido ao seu som brilhante e potente.

Desde então, muitos dos lendários bateristas do mundo têm escolhido a série Paiste 2002 Crash para suas performances ao vivo e gravações em estúdio. Nomes como John Bonham (Led Zeppelin), Ian Paice (Deep Purple), Stewart Copeland (The Police) e Nick Mason (Pink Floyd) são apenas alguns dos bateristas que ajudaram a tornar essa série tão icônica.

Seu som único e potência garantem um grande impacto nas músicas, enquanto a definição e clareza funcionam bem em qualquer estilo musical, do rock ao jazz e metal. Com pratos disponíveis em tamanhos que vão desde 16 a 22 polegadas, essa série de pratos é versátil o suficiente para se adequar a qualquer música.

Os pratos Paiste 2002 Crash são, sem dúvida, um investimento sólido para bateristas que buscam um som clássico, com qualidade e força. Eles continuam sendo uma das séries mais populares da Paiste até hoje, e com certeza continuarão a ser escolhido pelos lendários bateristas em todo o mundo.